Selo PROCEL

Selo ProcelO SELO PROCEL DE ECONOMIA DE ENERGIA ou simplesmente SELO PROCEL, instituído através de Decreto Presidencial de 08 de dezembro de 1993, é um produto desenvolvido e concedido pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – PROCEL.

O SELO PROCEL tem por objetivo orientar o consumidor no ato da compra, indicando os produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética dentro de cada categoria. Também objetiva estimular a fabricação e a comercialização de produtos mais eficientes, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico e a redução de impactos ambientais.

Os equipamentos que atualmente recebem o Selo são:

- Refrigerador de uma porta compacto
- Refrigerador de uma porta
- Refrigerador combinado 
- Refrigerador combinado frost-free
- Freezer vertical
- Freezer vertical frost-free
- Freezer horizontal
- Ar-condicionado de janela
- Ar-condicionado do tipo Split
- Motor elétrico de indução trifásico padrão
- Motor elétrico de indução trifásico de alto rendimento 
- Coletor solar plano – aplicação banho
- Coletor solar plano – aplicação piscina
- Reservatórios térmicos para coletores solares – Alta e baixa Pressão
- Reatores eletromagnéticos para lâmpadas a vapor de sódio
- Reatores eletromagnéticos para lâmpadas fluorescentes tubulares
- Lâmpadas fluorescentes compactas 
- Lâmpadas fluorescentes circulares

Já foram iniciados os trabalhos para estender a concessão do SELO PROCEL a mais equipamentos, tais como: painéis fotovoltaicos, bombas centrífugas, equipamento de geração eólica, fornos de microondas, máquinas de lavar roupa, lâmpadas à vapor de sódio, televisores, aquecedor de acumulação elétrico (boiler), ventiladores de teto, bombas de calor e outros.

Selo ProcelO SELO PROCEL é concedido anualmente aos equipamentos que apresentam os melhores índices de eficiência energética, normalmente caracterizados pela faixa A da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – ENCE, dentro das suas categorias. São exemplos, o ar-condicionado inteligente, com temperatura controlada eletronicamente, os chuveiros elétricos de menor potência e as geladeiras que cada vez mais garantem eficiência energética. Destaca-se, entretanto, que, para algumas categorias de produtos, outras características técnicas e qualitativas associadas ao equipamento serão também verificadas e consideradas para a concessão do SELO PROCEL.

Para ser contemplado com o Selo PROCEL, o produto deve ser submetido a ensaios específicos em laboratório idôneo, indicado pelo PROCEL. Os parâmetros a serem avaliados constam do “Critério Específico para Concessão do SELO PROCEL” relativo a categoria desse produto, anexo ao Regulamento do Selo PROCEL.

A adesão das empresas ao SELO PROCEL é voluntária.

Para maiores informações, consulte as tabelas de consumo/eficiência energética apresentadas no site do Inmetro, clicando aqui.

Veja também a matéria Economia em Casa.